Destralhar é preciso

março 22, 2017

essa frase serve pra muitas coisas na vida! haha
Sempre ouvi que é ótimo e terapêutico destralhar a nossa casa. 
Seja por causa da energia que precisa de espaço pra fluir livre, seja porque fazer doações a quem precisa é um ato de amor e muitos precisam mais do que nós, seja pra organizar e pronto.
Um belo dia acordei e resolvi que ía destralhar minha casa.
Olhei pro quarto e resolvi começar com meu guarda-roupas. Foram 3 sacos desses grandes de lixo. Passei pra todas as gavetas espalhadas e estantes. Mais 2 sacos. 
Depois fui para o armário de sapatos. 12 pares que eu não não usava há mais de ano. 
E a "penteadeira"? Tantos batons jogados no lixo semi-novos e com a validade vencida faz é tempo.
Diários, cadernos, documentos de 1789, livros e folhetos. Ufa!
Passei pra cozinha e os armários da minha mãe deram adeus a 3 sacos de tranqueiras, sim, também daqueles grandões de lixo.
E os eletrônicos quebrados?
Prefiro nem comentar!
Quanto mais a gente ia limpando mais iam brotando coisas absolutamente inúteis no nosso cotidiano. Eu estava praticamente me sentindo naquele programa Acumuladores! hahaha

Como começo a destralhar?

Na hora que a gente resolve começar a primeira pergunta que vem na cabeça é: por onde eu começo? 
Eu acho mais fácil pelos cômodos, mas pode ser feito também por "setores" como documentos, roupas...

As coisas tem sentimento

Calma, eu não estou maluca. Ok, eu sou um pouco sim, mas faz sentido, confia em mim!
A gente olha pra algumas quinquilharias que nos trazem lembranças e lá estamos cercados de sentimentos.
Para mim, a regra é clara: se o sentimento é bom pode ficar, se o sentimento é ruim, desapego é já! Um beijo pra você, Marie Kondo!

Dinheiro extra

Eita coisa boa poder lucrar quando achávamos que um investimento se transformou em prejuízo num é verdade? Benditos sejam os brechós, lojas que compram móveis usados e sites como o enjoei.

Coisas que a gente nem lembrava

No meio de tantas coisas que vamos comprando e ganhando acabamos descobrindo coisas das quais nem lembrávamos e estavam lá perdidinhas e nas gavetas. Achei 3 blusas que eu nem lembrava mais e uma bermuda praticamente novas. Sério!

Fazer o bem e desapegar

Uma das melhores coisas de fazer uma limpeza geral é se dar conta de que muito do que estamos acumulando pode ser útil para outras pessoas.

Fiz um guia que orientou a minha cabeça durante a arrumação. Deixo aqui, afinal vai que ele sirva pra alguém, né?

Um blog que super me ajudou na organização da papelada aqui em casa foi o Casinha Arrumada. Nesse post tem tudo detalhadinho sobre o que pode ou não ir pro lixo.

Seja no espaço físico ou dentro dos nossos corações, é preciso espaço para o novo chegar. Vamos desapegar do que não nos serve mais?
Bom dia!  

Continue na trilha

0 comentários

Me diz o que você achou desse post? :D