Krishna Das e como eu aprendi que mantras são maravilhosos

by - setembro 18, 2019


Eu me lembro bem da primeira vez que ouvi Krishna Das.
Aquele vozeirão com Ommmmmmm logo no início de Om Namah Shivaya conquistou os meus ouvidos instantaneamente.
Eu não faço ideia de como cheguei até o vídeo, mas cheguei.
E enquanto eu assistia, uma onda gigantesca de emoções foi tomando conta de mim.
Até então, na minha cabeça, os mantras eram uma coisa monótona e até meio sem sentido porque eu não entendia porque ficar repetindo várias e várias vezes até porque eu nunca tinha procurado saber os significados dos mantras em si. 


Nem sequer sabia que poderiam ser cantados e foi aí que eu descobri que existem os Kirtans (cânticos).
Eu era muito mais ignorante do que hoje e não me envergonho disso.
O ritmo, como podemos ver no vídeo, vai aumentando. 
E tudo que era bem calmo no início por fim acaba se tornando uma grande festa. 
Uns dançam, outros são mais "discretos".
Ali morria um preconceito. 
Ali eu me encontrava com uma parte nova de mim.
E foi maravilhoso ver que eu também poderia gostar de mantras do meu jeito. Cantando! Dançando!
Não consigo descrever o quão maravilhoso foi (e ainda é) ver todas essas pessoas, cada uma a seu modo, cantando para Lord Shiva.
Toda vez que eu ouço Om Namah Shivaya eu sinto a força e a energia vinda de Shiva como na primeira vez.
Não existe bad vibe quando eu canto, quando eu danço. E as lágrimas que caem eu sei que são as dores que Shiva está limpando.
Shiva é o que destrói e traz o novo e todas as vezes que eu sinto a força dele comigo a minha alma fica em festa. 💖

continue na Trilha

0 comentários

Me diz o que você achou desse post? :D