Nosso corpo: essa maravilhosa máquina de adaptações

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Aqui no Rio de Janeiro, em alguns bairros, estamos enfrentando um problema com a água.
Faz mais de uma semana que a água que tem chegado as nossas casas está com um cheiro e gostos bem peculiares, pra não dizer péssimo.
A "desculpa" que a prestadora de serviço deu não foi lá das melhores e disseram que poderíamos continuar usando a água normalmente que não havia perigo.
Difícil acreditar (e confiar) já que em algumas casas a água está praticamente marrom e o cheiro da água daqui de casa estava de barro.
Nesse caos todo no primeiro dia eu decidi não beber a água e aguardar até que pudéssemos comprar água no dia seguinte e posso dizer que eu fiquei bem surpresa comigo mesma esse dia.
Uma das minhas metas de 2019 era beber mais água porque é uma coisa que eu sei que é super importante para o funcionamento do nosso corpo, mas acabava sempre esquecendo e me sentia muito mal comigo mesma por deixar algo vital passar despercebido.
Pois bem.
Passei a beber mais água usando APPs e estratégias simples para me lembrar todos os dias.
Eu realmente enfrento um certo problema para estabelecer uma rotina. Até mesmo na época da escola eu fazia tudo do meio jeito meio louco e sem um horário certo, mas que dava certo no final.
É algo que estou modificando pouco a pouco e estou bem orgulhosa de meus pequeninos avanços.
Mas voltando a àgua...
Graças a esse novo hábito eu senti falta de beber água nesse dia.
Se fosse antes eu teria "aguentado" tranquilamente ficar sem água, mas agora meu corpo já se acostumou com o novo e não quer mais se privar de algo que faz tão bem pra ele.
Incrível como o corpo realmente é uma máquina que vai se adaptando ao que se apresenta dia após dia e se aperfeiçoando, modificando e sendo o melhor pra cada um de nós no nosso momento presente.
Incrível como o corpo é uma maravilhosa e tão desconhecida máquina de milagres diários.
Incrível como nós desconhecemos a nossa verdadeira força para conseguir mudar velhos padrões que nos fazem mal.
Incrível como é bom ver algo ainda que simples que nos colocamos a realizar e dá certo.
Foi a água. Mas eu já posso ter um pequeno vislumbre de um novo hábito a desenvolver como exercício físico, por exemplo.
E viva as mudanças! Somos adaptáveis!

Postar um comentário

Me diz o que você achou desse post? :D