Nós já estamos fazendo o nosso melhor

terça-feira, 25 de fevereiro de 2020


Quanto mais nós nos conhecemos, mais entendemos porque escolhemos determinadas coisas.
Quanto mais mergulhamos, mais enxergamos onde precisamos de cura.
As pessoas que despertam o nosso pior também são mestres.
Eu precisei passar por um relacionamento onde eu me vi sentindo ciúmes. 
E quando eu me olhava sentindo aquilo tudo, eu mesma sentia nojo de mim. E eu repetia: essa não sou eu.
Mas eu era. 
Ou pelo menos uma parte de mim era.
Hoje eu enxergo o meu poder de escolher não ser mais.
Muitas vezes quando não enxergamos algo alguém precisa vir e colocar uma lente de aumento pra nos ajudar e despertar o nosso pior para que a cura comece.
Toda vez que eu vejo uma sombra sequer de ciúme chegando perto de mim, eu paro, olho pra mim mesma e repito: você não é isso.
E eu ESCOLHO confiar não nos outros, mas em mim.
Confiar que quem está comigo é porque escolheu.
E confiar, também, que todos que saem de nossas vidas, por maior que seja a dor que sentimos, se vão porque cumpriram seus papéis.
É conhecendo o nosso pior que podemos transmutar e viver em paz. Seguir confiantes. Acreditar que nós realmente merecemos o melhor.
Que a gente comece a exercitar a empatia por nós mesmos.
Olhe paras as suas dores com carinho, elas estão aqui pra apontar os pedacinhos que pedem (e merecem) cura.
✨Reconhece a sua grandeza, a sua beleza e segue se curando. Seja bondoso consigo. Você já está sendo o melhor que pode. 💖✨