4Lessons - Março 2020

terça-feira, 31 de março de 2020

Se existe uma palavra pra definir o meu mês de Março certamente é dual.
Ele começou lindo, comemorei meu aniversário e ganhei presentes que eu amei, mas depois da segunda quinzena que foi quando os casos de COVID-19 se espalharam a ponto de chegar ao Brasil tudo virou um caos por aqui.
Eu fiquei imaginando como seria ter passado meu aniversário sem abraçar ninguém que eu amo e realmente eu me senti grata pela oportunidade de ter conseguido estar com eles e receber todos na minha casa e reconheço o privilégio que isso foi também.
Embora esse não tenha sido um mês pra conseguir manter a energia positiva como muitos outros que já tive resolvi começar uma série mensal aqui no Blog sobre alguns dos aprendizados de cada mês.
E dentre tantos, aqui estão alguns:

1- Continuar sonhando

Eu, como boa pisciana que sou, gosto de sonhar e de pensar como vai ser o futuro. Esse mês eu tive que exercitar esse lado vários dias para não me deixar levar pelo pessimismo diante de tantas coisas tristes que aconteceram no nosso mundo.
Pra mim, sonhar é vital. Eu preciso acreditar e planejar as coisas mesmo que eu não consiga ver muito bem pra onde estamos indo. Eu preciso acreditar que depois que essa nuvem cinza passar nós vamos ser melhores uns com os outros e vamos ter ainda mais vontade de viver o que, de verdade, tem conexão com a nossa alma.

2- Manter positiva apesar de tudo

Essa foi outra bem difícil alguns dias, mas estou orgulhosa de mim mesma. Me saí muito bem afinal de contas.
Com a enxurrada de notícias ruins que recebemos em Março manter-se positivo e esperançoso não foi lá das mais fáceis pra mim, e acredito que pra muitos também não.
E eu não me forcei a ser positiva. Eu chorei e me revoltei quando e depois eu tentava ver o que de bom estava acontecendo no mundo pra afastar essa ideia de que tá tudo ruim porque nós sabemos que não está mesmo. Também existem muitas coisas lindas acontecendo por esse planeta. Não é só tristeza, não é só caos e destruição.

3- Me alimentar melhor

Nesse mês meu pai virou o rei dos sucos haha
Na invenção de receitas pra dar um gás na nossa imunidade fizemos o time natureba na medida do possível pra nós, é claro, porque até alcançar a dita "alimentação saudável" mesmo eu sei que ainda tenho um bom caminho, mas tivemos avanços!
E o suco de abacaxi com hortelã do meu Pai é o melhor do mundo. Não há como dizer que não. 😂

4- Respeitar o meu tempo

Isso eu já tenho praticado faz meses já. De não me obrigar a fazer as coisas só por fazer. Claro que eu sei bem das responsabilidades que eu tenho e não podem ser procrastinadas, o que me refiro é aquelas coisas que podem esperar quando minha alma e o meu corpo pedem descanso e calma. 

Espero que Abril seja um mês com boas notícias para o nosso mundo, que a cura apareça e que possamos voltar recuperar nosso direito de ir e vir pelas ruas. Que ele traga a leveza, a empatia e os sorrisos que muitos de nós não conseguiu ter em Março. 💖

O que fazer com tanto tempo livre?

segunda-feira, 30 de março de 2020

Uma grade parte das pessoas do mundo estão sendo obrigadas a ficar em casa.
A quarentena que é como esse período está sendo chamado tem revelado partes das pessoas que elas não estão acostumadas a lidar.
Muitos entraram em desespero.
Nas redes sociais os memes são inúmeros zombando da situação, dos enclausurados, isolados da sociedade.
E eles mesmos reforçam isso. Desesperadamente reclamam do tédio.
Para nós, introvertidos, isso não é um problema. Não nego que as vezes chego a achar engraçado porque eu realmente amo ficar na minha casa. Mas o meu pai não é como eu. Ele gosta de sair todos os dias nem que seja pra comprar pão. E ele tem sofrido com essa coisa toda de ter que ficar em casa.
Mas o problema vai além. Muito além das piadas.
Quando ficamos em casa, sozinhos, nós cedo ou tarde somos obrigados a lidar com nossos próprios demônios. 
O tempo parece que não passa e a gente é obrigado a repensar um monte de coisa. Os escapismos vão ficando limitados e uma hora nós vamos ter que silenciar e olhar pra dentro.
Eu não tenho a pretensão de julgar e condenar ninguém que ache que precisa sair e fica entediado em casa. Cada um de nós sabe de suas necessidades.
Eu, por exemplo, amo viajar e conhecer lugares novos, mas sair todo dia pra uma rotina é o que me apavora sinceramente. Só de pensar... não, isso não sou eu, pelo menos não o meu eu hoje.
Talvez fosse mais leve se os que estão tão perdidos em seu tempo começassem a ver tudo isso como um convite pra olhar pra dentro, pra se conhecer de verdade além das distrações do externo.
  • O que você realmente gosta?
  • Quais são os seus sonhos?
  • De quem você realmente sente falta?
  • Quais as coisas que você deixou de fazer quando o mundo lá fora te engoliu?
  • O que eu já estou pronto pra viver sem?
Não chego nem de longe ao ponto de romantizar uma pandemia, o que há pra mim nesse momento é a necessidade de repensar nós mesmos enquanto seres humanos.

  • Pelo quê estamos realmente vivendo e pelo que vamos viver quando isso acabar?
  • O que nos faz abrir os olhos de manhã e ir pra vida? 
  • O que realmente nos importa: o apelo externo ou o interno?
  • Corremos pra realizar coisas que exigem de nós ou pela nossa alma?
  • Vamos continuar distantes das pessoas que amamos de verdade ou continuar com o orgulho de entrar em contato?
É no silêncio que Deus fala conosco. 
É sozinho, com a alma, que a gente entende o que realmente tem valor pra cada um de nós.
E eu não podia deixar de falar que começar uma terapia pode ser uma boa ideia. Muitos profissionais estão oferecendo serviços por preços inferiores ao normal nesse período.
Eu desejo do fundo do meu coração que nós fiquemos bem na medida do possível e que, quando isso acabar, sejamos muitos melhores do que quando começou. 
Melhores para nós mesmos principalmente.

O que estamos enviando para o Mundo?

sexta-feira, 20 de março de 2020

O que você está compartilhando com o mundo nesse momento?
Quais são os assuntos das mensagens que você tem enviado para as pessoas que ama?
Pânico?
Pavor?
Medo?
Desespero?
Estamos lidando com uma série de sentimentos que vem a tona. Parece uma montanha-russa. Uma hora estamos mais fracos, outra estamos mais fortes.
Assim vamos tentando nos equilibrar e nos apoiar.
Notícias ruins já tem milhares espalhando por aí. Basta ligar a tv e pronto: um banquete de pânico a pronta entrega.
💖Nós devemos fazer o nosso papel, de cuidar e zelar por aqueles que amamos e por nós mesmos e ter acesso a informação sem a necessidade de tornar tudo pior.
💞Talvez estejamos nadando contra a corrente? Talvez. 🤷🏻‍♀️ Mas eu já sou bem acostumada com isso.
E inspirada em São Francisco hoje eu espero de todo o coração que:
✨onde houver ódio, nós consigamos levar o amor
✨Onde houver ofensa, o perdão
✨Onde houver discórdia, a união
✨Onde houver dúvida, a fé
✨Onde houver erro, a verdade
✨Onde houver desespero, a esperança
✨Onde houver tristeza, a alegria
✨Onde houver trevas, a luz
💙Nem sempre nós conseguimos e isso faz parte de estarmos aqui na Terra como seres humanos, mas eu garanto que o que compartilhamos volta e quando a nossa "bateria" está fraca alguém, de algum lugar, aparece pra nos lembrar que o que nós plantamos nunca é em vão.
Seguimos.💖

Sobre a importância de (pelo menos tentar) manter a calma

sexta-feira, 13 de março de 2020


Em tempos difíceis os que conseguem se manter mais equilibrados PRECISAM espalhar esperança, calma e tranquilidade.
Uma grande parte de nós está sendo tomada por uma onda de medo e isso é normal.
Muitos de nós sofrem mais e outros tantos sofrem menos. 
Tudo depende das memórias que carregamos.
🍀Nós somos muito mais fortes do que querem que nós acreditemos!
Durante muito tempo nós vivemos programados para agir pelo medo e sabemos quanto dano isso já nos causou!
💞A centelha divina que habita em nós é maior do que qualquer medo.
Nada é como parece e o desespero só prejudica a nossa energia. 
💻Escolham fontes seguras para se informarem e não acreditem em tudo que chega porque em tempos de velocidade de informação como a que temos hoje mentiras tomam proporções absurdas.
🧘Acolham seus medos, suas memórias, suas tristezas para transmutá-los, mas não se deixem paralisar!
💮O que a gente põe o nosso foco, cresce. Precisamos lembrar disso e não podemos dar mais importância do que realmente tem.
E pra quem é das Ciências Energéticas, como eu, aqui vão algumas dicas saídas do meu coração:
✨ Façam Ho'oponopono pra si, pra quem amam, pro mundo!
Basta repetir: 👉🏻 Sinto muito. Me perdoe. Sou grato. Eu te amo.
✨ Conversem com Deus, Jesus, Arcanjo Miguel, Shiva ou seja lá no que acreditem e peçam calma e serenidade.
✨ Lavem as mãos e tomem banho fazendo uma oração de cura (e não com medo!)
✨ Façam chás e se alimentem de maneira a para fortalecer o sistema imunológico e pelo amor de Deus, não cozinhem, nem bebam e nem comam pensando em vírus nenhum! Façam isso abençoando a comida e agradecendo pelo alimento que possuem.

🍀O amor vende tudo. Nunca esqueçam disso! 💖

Trinta e Três

domingo, 8 de março de 2020

A maioria das vezes que eu fiz aniversário sempre ficava pensando naquelas coisas de o que eu faria diferente, ou que conselhos eu daria pra mim mesma quando eu tinha 15 anos? ou ainda o que aprendi nesses tantos anos...
Eu cheguei aos 33 e estou achando isso fantástico. Porque nunca na minha cabeça eu pensei que chegaria a essa idade.
Quando eu tinha lá meus 15 anos eu não queria nem chegar aos 20, que dirá aos 30...
Acho que com a maturidade eu realmente fui aprendendo que o que eu fiz foi o que eu podia fazer com a consciência que eu tinha. Seria muita hipocrisia no dia de hoje eu dizer que não me arrependo de nada que fiz, mas quando olho pra mim hoje e pra tudo que eu vivi nessa existência eu consigo ver que se não tivesse passado pelas experiências que passei eu seria outra pessoa e honestamente, eu não quero ser outra pessoa, não mesmo.
Eu não quero pensar no que ficou para trás, nas coisas que eu aprendi ou que deixei de gostar.
Hoje eu quero só pensar nas coisas que ficaram:
💖Meu amor pela minha família
💖Meus olhos curiosos de quem sempre quer aprender mais
💖Minhas piadas sem graça que de tão sem graça fazem as pessoas rirem
💖Meu otimismo apesar dos perrengues
💖Meus sonhos que continuam vivos dentro do meu coração
💖Meu amor por cachorros
💖Minha empatia saudável
💖Meus momentos comigo mesma
💖Minha maquiagem imperfeita que eu faço quando me dá na telha
💖Meus cadernos e minhas canetas que não se perderam com o avanço da tecnologia
💖Minha parte "gamer" que eu sou desde meus 6 anos.
💖Minha parte louca por astrologia
E mais tantas outras coisas que eu fui percebendo que me faziam ser eu mesma.
Tem coisas que, não adianta o tempo que passe, parecem que estão tatuadas na nossa alma.
E eu amo as minhas "tatuagens". 💖

A nossa árvore e as curas que ela nos traz

quarta-feira, 4 de março de 2020

Cava bem fundo e conhece as suas raízes.
Cava bem fundo e perdoa o que tiver que perdoar.
Olha para os que vieram antes de você, mas olha com os olhos da empatia.
Quem de nós nunca errou?
Quem de nós pode atirar a primeira pedra?
Jesus não atirou nenhuma.
Quando nós olhamos para a nossa árvore familiar vemos umas coisas que não entendemos, nos revoltamos, brigamos e até sentimos vergonha e ódio.
Gostamos muito de apontar o dedo e falar: "eu teria feito diferente!".
É fácil julgar.
É fácil apontar os erros dos nossos pais, dos nossos avós, dos nossos tios... O difícil é reconhecer nossa pequenez diante deles e parar de achar que sabemos mais do que todo mundo.
Nós não sabemos o que os outros levam em seus corações.
O julgamento pode condenar para sempre.
O perdão pode salvar corações sofridos.
É só você quem sabe quando estará pronto.
Não tenha pressa.
Tudo tem o tempo certo.
Eu não quero mais pensar se eu teria feito algo diferente ou não, eu prefiro aceitar que foi com todos os erros e acertos dos que vieram antes de mim que eu cheguei até aqui.
Eu prefiro continuar cavando e perdoando, acima de tudo, a mim mesma, pelo tanto que julguei os meus antepassados pelos olhos da minha arrogância e ignorância.
Todos nós fazemos coisas das quais nos arrependemos.
Não existe coisa mais preciosa do que saber que nós pertencemos a uma árvore.
E cada uma delas é como deve ser.
Não importa o que ouvimos.
Não importa se muitos não souberam nos dar amor, eles nem sequer receberam...
✨Eu pertenço! E eu tenho orgulho disso!✨
Todos nós somos muito amados.
Vamos jogar nossas pedras fora.💖