Falar sobre o que sentimos de verdade

quinta-feira, 20 de agosto de 2020

Tem certas horas em que a gente se sente muito só e com muitos problemas para resolver, a cabeça fica uma bagunça e o coração também e nem sabemos por onde começar ou o que fazer para melhorar ainda mais nesse período louco que estamos vivendo...
Eu tenho vivido dias bem esquisitos por aqui. Umas horas fico mais otimista, outras perco o otimismo e pra voltar a encontrar demora um pouco.
Nessas horas vazias por vezes pensamos: "como faz falta ter alguém pra me ouvir essas horas..."
Mas e quando nós trancamos a porta, como é que eles podem chegar até nós?
Dizer que está tudo bem quando não está é uma das formas de impedir que o outro possa ao menos tentar nos ajudar e, pode acreditar, sempre existe pelo menos uma pessoa disposta e nós não enxergamos.
Dia desses conversando com uma amiga fui percebendo que muitas da angústias que eu tinha ela tinha também.
O mundo está cheio de pessoas dispostas a oferecer ajuda e muitas vezes tudo o que nós precisamos fazer é abrir a porta do nosso coração para que elas possam entrar.

Falar como nos sentimos para alguém que nos entende e nos acolhe com empatia traz alívio para o nosso coração e traz clareza pra nossas mentes também.
E eu vou reforçar isso aqui: pessoas com empatia.
Nunca devemos contar de nossos "segredos" para aqueles que sabemos que vão nos julgar ou que virão com 10 pedras na mão.
Seja nos abrindo com os nossos familiares, amigos seja com os profissionais que são formados para isso e se dedicam imensamente a ajudar tantas pessoas.
Precisamos falar mais sobre os nossos medos, tristezas e angústias porque isso nos sufoca e causa doenças.
Muitos sofrem sozinhos por anos e anos com vergonha de pedir ajuda, mas o outro não tem como adivinhar o que carregamos em nossos corações, somos nós que precisamos abrir a porta, falar, compartilhar.
E como diria um professor, aliás, um mestre que conheci uma vez na faculdade:
"Nós não somos ilhas".

Postar um comentário

Me diz o que você achou desse post? :D